Içar velas!

Bárbaros!
São uns bárbaros, estes que aqui lhes escrevem. Não espere amenidades das palavras aqui colhidas - puro veneno!
É até de bom senso que não se espere algo pelos aqui escritos, a inconstância e a surpresa é o presente mais provável deste conjunto de textos.

É dessa maneira que lhes digo:
"Sejam bem vindos!";
Mas também é dessa maneira que lhes aconselho:
"Voltem Sempre!"
- Sempre que tiverem disponível um estômago forte e quando seus pulmões tiverem fôlego suficiente para as vertiginosas viagens às quais estes monstros e eu nos comprometemos a lhes guiar, periodicamente, aqui, neste blog de barbaridades.

E por falar em barbaridades...
"É tudo agora, e do jeito que a gente tá falando!"

Quero enfatizar isso aqui.
Essa história de pancadas e demônios...

Deixa eu contar essa história.
Somos três velhos amigos, com um jeito especial de ver a vida, um jeito diferente de viver e conclusões horríveis sobre tudo isso.
Nos reunimos aqui para dizer estas e outras coisas horríveis dessas que sempre se tem para dizer. Barbaridades!
Dessas barbaridades da vida...

E se a vida é como o mar, inconstante, calmo e revolto, escuro e obscuro em suas indas e vidas, com suas repentinas mudanças de rumo, digo que nós somos os Bárbaros, os Vikings que ousam desafiar os seus maiores perigos rumo a um desconhecido, ou vários, sempre, com sede de mais, por natureza, pois assim somos nós. Aventureiros num pequeno barco enfrentando as viagens mais duras que a vida nos impõe, sem perder o rumo.

Até a próxima!

2 comentários:

Rebs disse...

Eaii coração...
Adorei!!!
fazia tempo q não via nenhum blog meu!!
tá muito bom , você escreve pra caralho!!!!

bom é isso...
Te adoro!!!!!!!
Beijoss!!!!!!!!
Rebs

Thiago disse...

e ai galera do mal!!!!
vcs saum tudo loko!!!!

v3 com limaum, e um amendoim pra tirar o gosto!!!


rsrs

abraços

Thiago Bonfante

vulgo _Fausto!