Saudações Baianas...

"Há tempo... muito tempo, que estou longe de casa..."

É assim, regado ao som de Belchior que começa alguns relatos e curiosidades do mundo baiano do paulista.

Há sete meses, vivendo a vida de casado, afirmo: É bom, é muito bom... mas vamos ao início, uma retrospectiva deste ano.

Depois de um ano novo maravilhoso, rodeado dos melhores amigos e família desses começados com pé direito mesmo e sopa de lentilha, um retorno ao lar por meio de uma folga forçada do trabalho em solo nordestino, voltei a bahia não de tanto bom humor assim, saudade apertada e sabendo que tirando o lado profissional que estava em uma crescente, não havia muito o que comemorar.

Mas as coisas mudaram...

Num belo dia, em uma das ociosas tardes sem amigos e caras conhecidas, em uma dessas lan house de dois computadores, conheci uma guria... adiantando um pouco... depois de algumas conversas e notado o acaso dela também, não ter muitos conhecidos por não ser da cidade, marcamos um encontro, no maior shopping da cidade, que mesmo regado a violão e voz, não fica a frente das galerias de santo andré.

Enfim, dado o dia do encontro, hora e local passados a limpo, estava eu lá, caxias que sou, alguns minutos adiantado. Chegada a hora, ou melhor, depois de alguns poucos momentos de ansiedade, vem subindo as escadas, eu meio que sem acreditar, até ver meu telefone tocar em cima da mesa...

Continua...

2 comentários:

Amin disse...

Olha só que maravilha... A idéia das sagas pessoais pegou mesmo.

Bruno Vasco disse...

Aê mano!
Curti!
logo começo a minha..
Ótima idéia Brunão..
Adorei o começo da hitória Tiezão!
Abraços!